Fundo imobiliário da AF Invest levanta R$ 178,7 milhões em IPO

A gestora de recursos AF Invest, que faz parte do grupo Araújo Fontes, acaba de colocar no portfólio da casa um novo fundo imobiliário: o AF Invest CRI, que aplica seus recursos em recebíveis imobiliários.

O produto, voltado a todos os perfis de investidores, conta com uma carteira com investimentos em CRIs high grade e high yield. O patrimônio do fundo é de R$ 178,7milhões, excelente volume para um IPO.

Segundo Lucas Araújo, gestor do fundo, os recursos serão alocados em, aproximadamente, 15 operações potenciais e o período de alocação nos ativos deve durar de três a seis meses.

Mercado imobiliário

O lançamento ocorre em um momento propício para o setor. Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) indicam que o valor geral de vendas para este ano deve crescer 47% em volume financeiro e 38% em número de empreendimentos.

Além disso, o número de investidores em fundos imobiliários bateu recorde em 2020, ao alcançar 1,1 milhão na Bolsa.

“O mercado imobiliário ainda é pequeno e esses são produtos cuja demanda têm aumentado. Além disso, a expectativa de inflação e o juro baixo abrem ainda mais espaço para investimentos no setor”, afirma Rafael Conrado, diretor comercial da AF.

Na oferta, com distribuição coordenada pela XP Investimentos, a aplicação inicial foi de R$ 25 mil, com taxa de administração de 1% ao ano. Em breve, o FII será listado na B3 para negociações no mercado secundário com o ticker AFHI11.

Gestora com experiência em FIIs

A AF Invest é uma gestora com expertise em fundos imobiliários. O AF CR11, o primeiro FII do portfólio da casa, atualmente conta com R$ 122 milhões de patrimônio líquido.

O produto é um fundo de crédito imobiliário High Yield, com alocação em crédito estruturado e com foco em ofertas privadas.

Deixe uma resposta