A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

“Nenhum algoritmo tem ideias sozinho”

José Romeu Robazzi, sócio da Alphatree Capital, conta no E-Investidor como funciona a combinação entre a análise quantitativa e as decisões de investimentos de um gestor de fundos

José Romeu Robazzi é um desbravador de mitos. Pioneiro no uso de dados para testar as hipóteses de investimentos, ele criou os modelos matemáticos que rodam em alguns dos fundos quantitativos mais bem-sucedidos do mercado brasileiro.

Desde o ano passado, Robazzi é sócio e líder dessa área na Alphatree Capital, uma gestora independente que une o processo tradicional de investimento – a ‘cabeça do gestor’ – com uma modelagem proprietária de análise de dados. Se há resistência com a presença de robôs, ele busca ser simples e didático para mostrar o processo.

algoritimo

“A decisão passará por um comitê de investimentos, formado por seres humanos. O robô não conseguirá incluir opções de investimento que antes ninguém nunca pensou. Isso não vai acontecer, porque é justamente esse o poder que a mente humana tem sobre o que hoje conhecemos como algoritmos: a ideia. Antes de tudo há uma pessoa escolhendo o que deseja fazer em cima de determinado algoritmo ou ativo”, afirmou o Robazzi em entrevista para o E-Investidor.

Para ler a reportagem completa, clique neste link: https://einvestidor.estadao.com.br/investimentos/fundos-algoritmos-ia-apostas-2022/