A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em um ano e meio de operação, Legend Investimentos supera R$ 4 bilhões sob assessoria

Nos próximos cinco anos a meta da Legend Investimentos é superar R$ 25 bilhões

Em um ano e meio de operação, o escritório Legend Investimentos (LI), ligado ao banco BTG Pactual, bateu a marca de R$ 4 bilhões sob assessoria. Fundada por Pedro Salles (CEO) e Túlio Lopez (CCO), a casa tem se destacado no mercado por oferecer ao cliente private uma experiência de gestão de patrimônio financeiro diferenciada, que busca atender a todas as necessidades do investidor.

“Acredito que nosso rápido crescimento é resultado do esforço para atender com qualidade nossos clientes. Não basta se vender como uma casa especializada no segmento private, é preciso entender a real necessidade do investidor. Isso vai desde a oferta de diferentes produtos e estratégias de investimento, até suporte em questões jurídicas, de legado patrimonial, entre outras demandas”, comenta Pedro Salles, CEO da LI. “Entendemos isso e, por aqui, construímos uma infraestrutura robusta para atender esses investidores de ponta a ponta”, diz.

Além disso, o escritório tem investido em contratar bankers com vasta expertise e passagens por grandes instituições financeiras nacionais e internacionais para coordenar sua carteira de quase 500 clientes. Até o final do ano, o escritório visa alcançar o montante de R$ 5 bilhões sob gestão. Nos próximos cinco anos a meta é superar R$ 25 bilhões. Em paralelo, a casa ainda estuda possíveis operações de M&A para ampliar sua atuação no Brasil.

“Entre os nossos planos que devem sair do papel de forma mais ágil, estão a chegada da casa em outras capitais, como Rio de Janeiro e, também, a contratação de novos executivos para reforçar ainda mais nossa equipe sênior”, comenta Salles.

Com sede na Faria Lima, a Legend Investimentos ainda se destaca no mercado de agentes autônomos (AAIs) por possuir dentro de casa setores internos essenciais à governança. O escritório conta com compliance, jurídico, econômico, estratégico e, até mesmo, um setor voltado para gente e gestão.

Planos para a Unificação do grupo

Outro plano da Legend Investimentos (LI) é ter o mesmo sócio capitalista da Legend WM Gestão de Recursos (LW) – family office comandado por Sérgio Marini. Para isso, é preciso aguardar a sinalização positiva da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que atualmente estuda uma nova regulação para o setor. Caso aprovada a nova legislação, a ideia é criar uma holding, a Legend Capital, que já nascerá com participação em empresas (LI e LW) que contam com mais de R$ 10 bilhões sob gestão.

Nascimento da Legend Investimentos

Salles e Lopez se conheceram em 2013, quando trabalharam juntos no private do Itaú. Em 2017, Salles foi para a XP e convidou Lopez para fazê-lo também, o que aconteceu em 2018. Foi então que as vontades de empreender se encontraram – sim, cada um já pensava em ter seu próprio negócio –, não demorando para que vislumbra a criação de um escritório voltado para clientes privates, justamente porque percebiam a carência de um serviço de alto nível para o segmento.

No fim de 2019, saíram da XP para construir a Legend. Já em março de 2020, tiveram o primeiro encontro do André Esteves, do BTG Pactual. Em poucos meses, em agosto, a parceria com o banco estava no papel. “O ecossistema do banco oferece para o nosso escritório – e, consequentemente, para nosso cliente – a parceria mais qualificada que poderíamos ter, dispondo de uma infraestrutura completa”, explica Salles.

Relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email