A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Primeiro ETF de finanças descentralizadas do mundo chega dia 17 de fevereiro na B3

Período de reserva do produto vai até sexta-feira (11); Hashdex estima levantar R$ 500 milhões para o lançamento do ETF

A Hashdex, maior gestora de criptoativos da América Latina, anuncia oficialmente a data de lançamento do DEFI11, primeiro ETF de finanças descentralizadas do mundo. O produto começará a ser negociado na B3 ainda neste mês, na quinta-feira (17). Até sexta-feira (11) é possível fazer a reserva do produto. O novo ETF visa oferecer uma exposição diversificada, segura e regulada ao universo de DeFi – um setor que possui grande potencial para transformar o mercado financeiro tradicional.

A Hashdex espera levantar R$ 500 milhões para o lançamento do DEFI11. A XP, o Itaú BBA e o Banco Genial serão os coordenadores da oferta do novo produto, que terá taxa de administração total de 1,3%.

Desenvolvido em parceria com a CF Benchmarks, um dos principais provedores globais de índices cripto, o DEFI11 vai espelhar o “CF DeFi Modified Composite Index”. Trata-se de um índice que segue rigorosos critérios de elegibilidade para obter a melhor representação do mercado global de DeFi.

Inicialmente, o índice deve contar com um total de 12 ativos, divididos em três categorias. São elas: Protocolos DeFi que oferecem soluções práticas e modernas para serviços financeiros: Unisawap, AAVE, Compound, Maker, Yearn, Curve, Synthetix e AMP; Protocolos de Suporte, que auxiliam protocolos DeFi com serviços de armazenamento e consulta de dados, verificação de identidade e soluções de escalabilidade: Polygon, Chainling e The Graph; e por fim, Plataformas de Registro, blockchain nas quais as transações são validadas e registradas. Desta categoria, a selecionada foi a rede Ethereum.

Este será o quarto ETF de criptoativos que a Hashdex disponibiliza na B3. Pioneira, a gestora lançou o primeiro produto da modalidade no Brasil, o HASH11. O fundo investe numa cesta de ativos que buscam representar o melhor do mercado cripto. Atualmente, o ETF conta com mais de 125 mil investidores e aproximadamente R$2,6 bilhões sob gestão. No último ano, a empresa ainda lançou o BITH11, um produto 100% Bitcoin verde, e o ETHE11, um fundo de índice que investe totalmente em Ethereum.

Sobre a Hashdex

A Hashdex é a maior gestora de criptoativos da América Latina. A empresa é formada por profissionais com larga experiência no mercado financeiro e de tecnologia e profundo conhecimento em criptoativos e blockchain. Atualmente, a casa conta com mais de 250 mil investidores, incluindo os acionistas dos ETFs HASH11, BITH11, ETHE11 e dos demais fundos da gestora. Além disso, é responsável pela gestão de aproximadamente R$ 5 bilhões.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email