A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Gastos no mês da Black Friday são 19% maiores do que no ano passado

Segundo pesquisa da fintech Olivia, compras, viagens e comida e bebida foram as categorias com o maior aumento

O gasto médio por pessoa no mês de novembro deste ano registrou aumento de 19% com relação ao mesmo período do ano passado, mas teve queda especificamente no dia da Black Friday, aponta estudo realizado pela assistente financeira virtual Olivia.

A pesquisa, realizada a partir de dados de 60 mil usuários do app da Olivia, coletados no período de 1 a 30 de novembro de 2020 e 2021, apontou que o gasto variável médio por pessoa no mês da Black Friday em 2021 foi de R$ 2.543, frente à média de R$ 2.135 de 2020, número acima da inflação de 10,67% calculada no período. Gastos variáveis são todos os gastos da pessoa excluindo os gastos fixos – contas e pagamentos recorrentes de todos os meses.

Especificamente no dia da Black Friday (27 de novembro em 2020 e 26 de novembro em 2021), contudo, o gasto médio dos usuários diminuiu 4,5%, passando de R$ 221 em 2020 para R$ 211 em 2021.

Esse movimento também foi observado no número de transações realizadas. Neste ano, houve um aumento de 31% no número de transações com gastos variáveis durante todo o mês, porém na Black Friday as pessoas realizaram 12% menos transações que no ano passado. O número de transações no dia da Black Friday em 2021 (50.501) chegou a ser menor que a própria média diária de transações do mês (60.544 transações), enquanto em 2020 o número de transações no dia da Black Friday (57.742) chegou a ser 26% maior que a média diária do mês (45.967).

black friday 1
Fonte: Estudo da Olivia AI, Inc. sobre comportamento de consumo nas Black Friday 2021
black friday 2
Fonte: Estudo da Olivia AI, Inc. sobre comportamento de consumo nas Black Friday 2021

A pesquisa apontou ainda quais as categorias em que os usuários mais gastaram na Black Friday: compras; viagem; e comida e bebida. A categoria compras, que inclui gastos com artigos esportivos, eletrônicos, lojas de departamento, móveis e decoração, produtos de beleza, vestuário e videogames, foi a campeã de gastos no mês.

Já a categoria viagem foi a que teve maior aumento de gastos no dia e na semana da Black Friday. O gasto médio por pessoa com viagens no mês de novembro teve um aumento de 57% comparado ao ano anterior. O ticket médio também aumentou 42% e o número total de transações, 29%.

Por fim, a categoria comida e bebida foi a que registrou maior aumento de gastos no mês, com número 66% maior do que em 2020. Esse aumento diminuiu bastante na semana e no dia da Black Friday, caindo para 19% e 15%, respectivamente, indicando que as pessoas gastaram mais nessa categoria nas outras semanas do mês.

O gasto médio por pessoa com restaurantes no mês de novembro teve aumento de 45%, seguido de bares, com 33%, indicando que as pessoas comeram mais fora de casa. Gastos com aplicativos de entrega também registraram crescimento, um pouco menor, de 18%.

Sobre a Olivia
Fundada no Vale do Silício por dois brasileiros, a Olivia é uma assistente financeira que usa inteligência artificial e aprendizado de máquina para ajudar as pessoas a gastarem melhor. Ela é capaz de aprender os hábitos de consumo das pessoas, prever suas próximas compras e recomendar, no momento certo, formas melhores de gastar o dinheiro e economizar mais. Além disso, por meio da Olivia Social, permite que usuários do app troquem entre si dicas de como cuidar melhor de suas finanças. Seu app é gratuito e está disponível para aparelhos Android e iOS.

Relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email