A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Insurtech Azos recebe investimento de R$ 55 milhões

Rodada foi liderada pelo fundo Prosus e contou com a participação da Kaszek Ventures, Maya Capital e Propel

Especializada na criação e na comercialização de seguros online e por meio de parcerias com corretores, a insurtech Azos recebeu um investimento de R$ 55 milhões para ampliar as suas soluções tecnológicas e desenvolver novas linhas de produtos. A rodada de investimento foi liderada pelo fundo Prosus e contou novamente com a participação do Kaszek Ventures, Maya Capital e Propel.

Fundada em 2020, a Azos tem se notabilizado por democratizar o acesso ao seguro de vida no Brasil ao oferecer aos consumidores coberturas que se adaptam às suas necessidades individuais, muitas vezes a um custo menor, e por trazer inovação ao um mercado, cujos principais players, ainda carecem de flexibilidade e transparência por, não raro, obrigarem segurados a pagar um prêmio por seguros que nem sempre desejam ou precisam. A empresa oferece apólices com contratação digital em menos de um dia, na contramão de muitas seguradoras que levam, em média, 10 dias.

“A falta de transparência, preços elevados e longos tempos de espera com os produtos de seguro de vida atuais são apenas alguns dos motivos pelos quais muitos consumidores e corretores negligenciam a compra ou a venda de seguro de vida. Criamos a Azos justamente para resolver esses problemas. Aproveitando a tecnologia e a ciência de dados para automatizar nosso processo de contratação, oferecemos um produto novo e simplificamos o processo para qualquer pessoa ter acesso ao seguro de vida “, disse o CEO da Azos, Rafael Cló.


Trata-se da segunda captação da startup. Os R$ 13 milhões captados em 2020 proporcionaram o início e o desenvolvimento da operação em abril deste ano. Desde então, a insurtech já acumulou R$ quase 3 bilhões em capital segurado e, com a segunda rodada de investimento, pavimenta o caminho para crescer mais de cinco vezes em 2022.

A Azos usará o novo investimento para expandir a empresa, aprimorar a tecnologia e lançar novos produtos, assim como ampliar o acesso à educação sobre proteção e planejamento financeiro. Além disso, parte do investimento irá para o portfólio de produtos tanto para os clientes quanto para os corretores parceiros. A empresa tem atualmente uma lista de espera com mais de 500 corretores interessados em se tornarem parceiros de distribuição.

“O novo investimento é condizente com o crescimento que a Azos tem alcançado desde sua entrada no mercado. A expectativa é de crescer ainda mais, permitindo o desenvolvimento de soluções tecnológicas e novas linhas de produtos para nossos parceiros”, acrescenta Cló.

A captação chega em um momento importante para o mercado segurador brasileiro, que apresentou crescimento consistente em 2021. Nos primeiros sete meses deste ano, o setor de seguros faturou R$ 172 bilhões, o que representa um crescimento de 16,4% em relação ao ano anterior. Ainda assim, estima-se que apenas 15% da população do país possui seguro de vida.

“O mercado de seguros no Brasil é dominado por poucas empresas. Além disso, o seguro de vida no Brasil teve pouca inovação. Em linha com nossa tese de investimento, para focar em setores da economia onde a tecnologia pode levar a mudanças significativas no comportamento do consumidor e na economia, prevemos que o seguro de vida seja a próxima grande indústria pronta para transformação no Brasil”, comentou Banafsheh Fathieh, Chefe das Américas Investimentos, Prosus Ventures.

“Acreditamos no potencial da Azos para inovar neste mercado para defender os interesses do consumidor e acreditamos neste time para revolucionar o seguro de vida no Brasil”, acrescenta Fathieh.

Relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email