A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Finacap aperfeiçoa mecanismos de gestão e eleva nota de avaliação de risco

Gestora pernambucana é considerada como bastante segura pela SR Rating

A Finacap Investimentos, gestora pernambucana com 24 anos de atuação no mercado financeiro, elevou sua nota no rating de gestão feito pela SR Rating. Em nova avaliação, obteve avaliação G2-SR, sinalizando melhoria na sua performance, já considerada boa.

A nota G2 -SR, que faz parte de uma escala de cinco itens, indica que a gestora é bastante segurança. Em relatório, a SR Rating diz que a empresa opera com fatores de proteção fortes ou satisfatórios, tendo os riscos internos de gestão muito baixos e a vulnerabilidade ao ambiente externo bastante reduzida. Antes, em estudo feito em agosto de 2018, a Finacap tinha o risco situado em G3-SR. A escala de risco utilizada vai do nível G1 ao G5, sendo o primeiro a referência máxima de segurança.

avaliacao de risco

Os principais fatores a serem considerados na classificação da qualidade de gestão da Finacap, segundo a avaliadora, decorrem da experiência profissional de seus principais executivos alinhada à estrutura operacional e do estabelecimento de sólidas políticas e controles no processo de investimentos, compliance, ampliação de programas de transparência ao investidor e mecanismos de dupla checagem.

A boa nota recebida pela Finacap também está vinculada à presença de gestores reconhecidos no mercado financeiro e ao longo track record da gestora, fundada em 1997. Atualmente, a gestora possui um patrimônio sob gestão de aproximadamente R$ 936 milhões, volume 45% superior ao observado em agosto de 2020.

O Mauritsstad FIA, principal fundo de renda variável da casa, apresentou crescimento de 51%, e o segmento de Carteiras Administradas, 75%, em linha com a estratégia de expansão das áreas de Wealth Management e Asset Management. Além do Mauritsstad FIA, a Finacap possui mais onze fundos: sete são de multimercado, dos quais dois têm foco em previdência; dois fundos de ações; um fundo de participações e outro de renda fixa.

Metodologia

A classificação de riscos de crédito se expressa pela mensuração do risco de default (não cumprimento pontual) de qualquer obrigação assumida por uma entidade, bem como da sua atuação nas áreas de gestão ou fidúcia. As classificações de risco da SR englobam entidades públicas e privadas e emissores soberanos e sub-soberanos, nacionais ou estrangeiros.

Clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Clientes