A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Hashdex supera a marca de R$ 5 bilhões em ativos sob gestão

O feito foi destaque no painel da Nasdaq, na Times Square, que também citou os mais de 250 mil cotistas que investem nos produtos da gestora

A Hashdex, maior gestora de cripto da América Latina, alcançou a marca de US$ 1 bilhão em ativos sob gestão. Em reais, o montante supera os 5 milhões. O feito foi destaque no painel da bolsa americana Nasdaq, na Times Square (Nova Iorque), que também citou os mais de 250 mil cotistas que investem nos produtos da gestora.

Com a missão de ser a ponte entre o mercado financeiro tradicional e o universo de cripto, a Hashdex tornou-se conhecida por ter listado o primeiro ETF de criptoativos no mundo, na Bermuda Stock Exchange (BSX). Além disso, lançou também o primeiro ETF desta categoria no Brasil, o HASH11. Atualmente, o produto é o segundo mais negociado da bolsa brasileira, e já conta com mais de 125 mil investidores e aproximadamente R$2,6 bilhões sob gestão.

Nos últimos meses, a empresa ainda lançou o BITH11, um ETF 100% bitcoin verde e o ETHE11, um fundo de índice que investe somente em Ethereum. Ambos estão listados na B3 e superam a cifra de R$ 100 milhões sob gestão.

Neste ano, outra conquista importante da gestora foi o anúncio de sua chegada no mercado norte americano. A Hashdex firmou uma parceria com a Victory Capital, tradicional gestora que possui mais de US$ 150 bilhões sob gestão, para a distribuição nos EUA de produtos que seguem o Nasdaq Crypto Index (NCI) – um índice co-desenvolvido pela gestora brasileira e a bolsa de valores americana.

hashdex

Por fim, vale ressaltar que, no começo do ano, a empresa recebeu um investimento de R$ 135 milhões, em uma rodada liderada pelo Valor Capital Group, em conjunto com Softbank, Coinbase Ventures e outros investidores. O aporte ajudou a empresa a fortalecer a marca no Brasil, lançar novos produtos e iniciar planos de expansão internacional.

Clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Clientes