A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um ano de Prosperidade

Doze meses após se plugar ao BTG Pactual, escritório ultrapassa R$ 1,5 bilhão sob assessoria e planeja expansão para o Sul do país

Doze meses após se plugar ao BTG Pactual, escritório ultrapassa R$ 1,5 bilhão sob assessoria e planeja expansão para o Sul do país

Em julho de 2020, a Prosperidade Investimentos foi transferida para o BTG Pactual. Neste um ano, o número de escritórios passou de oito para 12, e o de sócios, de 50 para 100. Dado mais eloquente do bom momento vivido pela empresa, ela acaba de romper a marca de R$ 1,5 bilhão em patrimônio de clientes.

“A transferência foi extremamente positiva. Com o apoio do banco, conseguimos oferecer aos clientes de alta renda um atendimento personalizado e mais eficaz, já que a instituição oferece uma solução completa de serviços financeiros, atendendo qualquer objetivo do investidor”, diz Dennis Sakamiti, diretor vice-presidente da Prosperidade.

O escritório de agentes autônomos foi fundado em 2017 por um trio: Dennis; seu irmão, Douglas Sakamiti, que ocupa o cargo de diretor administrativo; e Luciano Santos, diretor regional Sudeste. Pouco tempo depois, o time ganhava o reforço de Renato Alcântara, hoje diretor presidente. Os quatro somam décadas de experiência no mercado financeiro, tendo passado por empresas como Itaú, Safra e BankBoston.

“Incorporamos na Prosperidade o melhor da cultura e estrutura organizacional das instituições pelas quais passamos. Some-se a isso o fato de a nossa equipe ser formada, em sua maioria, por profissionais de nível sênior, com profundo conhecimento sobre o mercado. Dessa forma, foi possível crescer rápido e com qualidade. Nos orgulhamos desses diferenciais”, afirma Dennis. 

De fato, o crescimento foi rápido. A Prosperidade começou em uma “modesta sala no coração da capital paulista”, e, passados quatro anos, já está presente em São Paulo, Santo André, Brasília, Manaus, Boa Vista, Recife, Cuiabá, Campo Grande, São José do Rio Preto e Goiânia. A primeira filial na região Sul deve ser inaugurada até o fim do ano. Outros objetivos, ainda para 2021, são agregar 30 novos sócios e atingir R$ 2,2 bilhões sob assessoria. A empresa, ainda, não descarta a possibilidade de se tornar uma corretora nos próximos anos.

Outro diferencial do escritório está ligado a projetos sociais nas cidades em que tem filial. “Ajudamos associações que trabalham para transformar a vida das pessoas. Prosperidade significa ter êxito em todas as áreas da vida. Além de atuarmos para alavancar a situação financeira dos nossos clientes, entendemos ser necessária a ajuda para pessoas em situação de vulnerabilidade.”

Clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Clientes