Brand Journalism: Marcas em evidência por meio de conteúdos relevantes

Conquistar novos clientes utilizando frases de efeito deixou de ser uma estratégia publicitária eficaz há muito tempo. Atualmente, cada vez mais, os consumidores desejam conhecer a fundo o posicionamento de uma marca. Se sentirem confiança na companhia ou se gostarem do seu propósito social, a tendência é que passem a consumir produtos ou serviços oferecidos por ela.

Para isso, no entanto, é preciso que tenham acesso a um grande volume de informações sobre tal empresa. Para solucionar este problema, foi que surgiu o brand journalism (jornalismo de marca). Ele nasceu para auxiliar marcas que desejam mostrar sua expertise de mercado através de histórias e, ainda, a expor sua personalidade única para que consigam se aproximar de seu público-alvo.

O termo brand journalism foi utilizado pela primeira vez por Larry Light, CMO (Chief Marketing Officer) do McDonald’s, em 2004. Estudando o comportamento da sua extensa rede de clientes, entendeu que o “marketing de massa” já não trazia muitos resultados positivos. O motivo? “Nenhum anúncio conta a história toda”, afirmou. A partir disso, deu início a diversas iniciativas que tinham como objetivo a produção de “conteúdo em profundidade” para atingir sua complexa audiência.

Desde então, outras grandes companhias adotaram ações neste sentido. A Coca-Cola, por exemplo, redesenhou completamente o seu website e contratou uma extensa equipe para desenvolver conteúdos diários sobre a atuação da marca no mercado. Outro grande exemplo é a Red Bull, que possui sua própria oficina de mídia, na qual produz revistas, documentários, filmes, músicas, entre outros conteúdos audiovisuais. Tudo isso, para ganhar espaço e autoridade com seus clientes.

Canais de conteúdo, que sejam informativos e úteis para os consumidores, têm auxiliado empresas a conquistar espaço no mercado. Com a ajuda do brand journalism, marcas conseguem impactar sua audiência. Isso, a partir de um fluxo de conteúdo constante e engajador – construído através de artigos, blogs, redes sociais, newsletters, entre outros.

Ficou interessado em adotar essa estratégia para sua empresa? Fale com especialistas sobre o assunto. Envie um e-mail para: oi@crania.com.br, que a gente conta nossa história e alguns cases de sucesso. Esperamos o seu contato!

Deixe uma resposta