A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Legaltech Turivius recebe aporte de R$ 5 milhões
liderado pela ABSeed Ventures

Startup desenvolve inteligência artificial para reduzir insegurança jurídica no Brasil ao prever o caminho de processos judiciais

O Brasil é conhecido por ser um país burocrático: há excesso de normas e muitas vezes as empresas e os cidadãos não sabem como as leis serão interpretadas e aplicadas. De olho em facilitar o trabalho do advogado que atua nesse cenário, a legaltech brasileira Turivius desenvolveu uma plataforma de inteligência artificial (IA) que funciona como um “Google dos tribunais brasileiros”, classificando centenas de milhares de decisões judiciais. A solução acaba de receber um investimento Seed de R$ 5 milhões liderado pela ABSeed Ventures – os fundos Domo Invest, ACE Startups e Allievo Capital também acompanharam o cheque.

A Turivius foi fundada em 2019 por Danilo Limoeiro e Guilherme Kenzo dos Santos, ex-pesquisadores do MIT e da USP, respectivamente. Com tecnologia própria, a startup desenvolveu um sistema de IA que lê decisões judiciais, transformando-as em dados. Assim, são geradas estatísticas aplicadas ao Direito, o que dá maior previsibilidade às decisões das Cortes. Atualmente, a plataforma é usada principalmente no Direito Tributário.

“As empresas levam em média 2 mil horas por ano para pagar imposto no Brasil – o impacto financeiro desse nível de insegurança jurídica é enorme. A nossa tecnologia reduz significativamente esse risco”, explica Limoeiro, que é CEO da empresa.

Ao todo, a startup conta com uma base de dados de 51 milhões de decisões. Mais do que busca de jurisprudência, o software da Turivius realiza uma análise estatística para prever os caminhos dos processos e os possíveis comportamentos dos julgadores – no mundo jurídico, essa técnica é conhecida como “jurimetria”. A Turivius também realiza análises preditivas com base nas opiniões dos maiores advogados tributaristas do país.

A legaltech atende hoje 135 clientes – entre eles, estão escritórios de advocacia como Pinheiro Neto e BMA Advogados, e também departamentos jurídicos de empresas como BASF, Gerdau e Suzano. Nos últimos meses, a startup tem colhido frutos da digitalização do Direito. “Na pandemia, os advogados entenderam que a tecnologia é uma aliada em trabalhos burocráticos”, diz Limoeiro.

Sócios da ABSeed

Para Marcelo Hoffmann, sócio da ABSeed Ventures, a Turivius se destaca entre as startups brasileiras focadas em Direito. “O mercado de legaltechs é crescente e ganhou ainda mais força com algumas quebras de paradigma trazidas pela pandemia. A Turivius tem o trunfo de ter uma tecnologia própria que realmente consegue agilizar a rotina dos advogados”, afirma.

Com o novo aporte, a Turivius pretende investir no produto, aprimorando ainda mais as bases de dados e os algoritmos de classificação da plataforma. Há também planos de avançar em novos mercados. “Além do tributário, queremos entrar em novas áreas jurídicas no segundo semestre deste ano”, afirma o CEO da startup.

Relacionadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email