A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Seda abre mil novas vagas de mentoria para apoiar jovens negras no caminho até seus sonhos

Criado com o instituto Plano de Menina, o projeto busca empoderar jovens para que planejem seus sonhos e se preparem para um futuro cheio de realizações

Pelo terceiro ano consecutivo, Seda está oferecendo oportunidades para jovens negras, entre 16 e 26 anos, que buscam tirar seus sonhos do papel. Com 1.000 novas vagas para mentorias em grupo online e gratuitas, o projeto visa empoderar jovens de diferentes regiões do Brasil, auxiliando-as a criarem planos poderosos para realizarem seus sonhos, sejam eles entrar na faculdade, apoiar uma causa social, empreender ou até trabalhar em algo que almeja. O programa de mentoria “Planejando Meus Sonhos”, em parceria com o Instituto Plano de Menina, é liderado por mentoras profissionais, que compartilham conteúdos já testados e aprovados por milhares de garotas que vão apoiá-las a criarem um plano de ação e transformarem suas metas em realidade.

Com a nova turma prevista para começar em março deste ano, as mentorias serão conduzidas através de um grupo fechado no WhatsApp e também contará com 5 aulas online. Para participar, basta fazer a inscrição no site até 28 de fevereiro, completar o cadastro e aguardar a confirmação por e-mail ou telefone. Até hoje, Seda já apoiou mais de 7 milhões de meninas com suas jornadas de desenvolvimento virtuais e 2.500 com o programa de mentoria Planejando Meus Sonhos.

Da estruturação dos conteúdos até as dinâmicas e mentorias, o programa é liderado por mentoras negras, que trazem como metodologia reflexões individuais que promovem autoconhecimento e fortalecimento mental por meio de discussões em grupo. As participantes têm a oportunidade de realizar atividades transformadoras que as ajudam a se organizar para fazer os seus sonhos acontecerem, como foi o caso da Luana Priscila Mineiro, que conseguiu tirar suas metas do papel após realizar a jornada.

“A mentoria me fez acreditar em mim mesma e no potencial que eu nem imaginava ter. Em uma das atividades onde o objetivo era listar nossos sonhos, inseri duas metas a longo prazo: conquistar a minha liberdade financeira e abrir minha própria empresa. E olha só, há 5 meses já administro minha empresa de Design e Comunicação (@furtacorcreatives), que atua no ramo da beleza. Além disso, terminei meu MBA, que por algum motivo e desmotivação, havia se perdido em meio as minhas metas. O longo prazo se tornou curto, pois os passos ensinados me possibilitaram alcançar estes dois sonhos em menos de um ano.” comentou ela.

Com a orientação de uma mentora profissional, que irá trazer exercícios práticos, tirar dúvidas e trocar muitas dicas testadas e comprovadas, a participante conseguirá sair mais preparada para seguir o caminho em direção aos seus sonhos com clareza e determinação. “Aprendi através dessa oportunidade, a potencializar as minhas qualidades e desenvolver as minhas fraquezas, me organizando e planejando com exatidão tudo aquilo que quero para a minha vida. Iniciativas como esta transformam a sociedade e nos ensinam a criar nossas próprias oportunidades, afinal ainda existe uma resistência no reconhecimento de profissionais negras no mercado de trabalho.” finalizou a ex-mentorada, Luana.

Em um levantamento recente feito por Seda, foi constatado que 80% das jovens brasileiras têm clareza dos seus sonhos, mas não sabem o que fazer para alcançá-los. Ainda segundo o estudo, 60% delas já se sentem frustradas com as perspectivas sobre o futuro. “Com o nosso ainda atual cenário de COVID-19, essas barreiras entre as meninas e seus sonhos ficaram ainda maiores. Por isso, seguimos investindo no programa de mentoria Planejando Meus Sonhos, em parceria com o instituto Plano de Menina, para incentivar mais jovens a serem protagonistas de suas histórias. As mentorias propõem a criação de um plano acionável, apoiando as meninas na jornada para realizar sonhos e explorar todas as possibilidades que quiserem.” ressaltou Paola Mello, gerente global da marca.

Seda foi a primeira marca de cabelos do país a assumir um compromisso público pela inclusão racial, e a obter o selo Sim à Igualdade Racial, conferido pelo Instituto Identidades do Brasil (ID_BR), em 2020. Tendo sido a primeira marca massiva de cuidados com o cabelo do Brasil a ter produtos exclusivamente pensados para crespas e cacheadas, inclusão é um dos valores fundamentais da marca aliada para muitas meninas e mulheres no que diz respeito à liberdade para explorar todas as possibilidades – no cabelo e na vida – e realizar sonhos.

Para conhecer mais sobre os compromissos de Seda, acesse aqui.

Clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Clientes