Azos lança seguros para casos de invalidez e doenças graves

Com apólices a partir de R$ 5, os dois produtos podem ser contratados de forma independente, on-line e em 5 minutos

Mais dois produtos chegam ao portfólio da Azos, dando sustentação ao seu propósito de “democratizar o seguro de vida no Brasil”. Desenhados para casos de invalidez e doenças graves, e com apólices a partir R$ 5, eles podem ser contratados de forma independente – ou seja, não dependem da contratação de um seguro de vida em paralelo.

“Ao contrário das demais seguradoras, não exigimos que nossos clientes contratem uma apólice de vida para que possam contratar um seguro para doenças graves ou invalidez. Queremos oferecer produtos de que as pessoas precisem de verdade, e não empurrar contratações”, diz Rafael Cló, CEO da empresa.

No caso do seguro invalidez por acidente, as coberturas vão de R$ 20 mil a R$ 2 milhões. O produto paga 100% do capital segurado. “Profissionais da saúde, artistas e atletas são os que mais o procuram”, afirma Bernardo Ribeiro, co-fundador e CMO da startup.

Já o seguro por doenças graves, cuja cobertura é de até R$ 500 mil, contempla vários diagnósticos de câncer, infarto, AVC e outras enfermidades e ocorrências. Os preços variam de acordo com as condições de saúde e idade do contratante. A carência é de 90 dias.

“Estamos muito felizes com o lançamento desses dois novos seguros. As pessoas recebem em vida e tem a tranquilidade de saber que, se algo grave acontecer, pelo menos não terão a dor de cabeça financeira”, acrescenta Ribeiro.

No mercado há apenas quatro meses, a insurtech já tem R$ 1 bilhão em capital segurado. Os produtos podem ser facilmente contratados no site da Azos, pelo time de atendimento ou por meio de corretores parceiros. Em todos os casos, não se exige a realização de exames médicos. E o segurado aprovado recebe a apólice em um dia útil.

Deixe uma resposta