A plataforma de brand journalism da Ovo Comunicação

Contrate-nos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Gestora focada em criptoativos, Hashdex anuncia entrada no mercado dos EUA

Produtos distribuídos no país seguirão o Nasdaq Crypto Index (NCI)

A Hashdex anunciou que começará a distribuir fundos de investimento nos Estados Unidos. A ação se dá por meio da parceria com a Victory Capital, tradicional gestora americana com mais de US$ 150 bilhões sob gestão. Os produtos que serão distribuídos naquele país seguirão o Nasdaq Crypto Index (NCI), índice co-desenvolvido pela empresa brasileira e pela bolsa de valores americana.

“Investir por meio de um índice é com certeza a forma mais eficiente de ganhar exposição ao mercado de criptos no longo prazo. Estamos muito felizes de poder levar essa novidade para o mercado americano, que até então vinha muito centrado em produtos focados em Bitcoin”, diz Marcelo Sampaio, CEO da Hashdex.

O anúncio representa uma continuidade natural dos planos da companhia, que, no último mês, levantou capital para se consolidar como a líder do segmento no Brasil, e, também, expandir sua atuação no exterior.

“Ter sido escolhido como parceiro exclusivo pela Nasdaq e pela Victory, ambas líderes em seus segmentos, reforça o DNA global da Hashdex, que nasceu para oferecer os melhores produtos de investimento em cripto. Do Brasil para o mundo”, afirma o executivo.

Números de destaque 

No início de maio, a Hashdex recebeu um investimento de R$ 135 milhões, em rodada liderada pelo Valor Capital Group, em conjunto com Softbank, Coinbase Ventures e outros investidores.

Antes do aporte, já havia alcançado importantes marcos no mercado de criptoativos. Em fevereiro, listou o primeiro ETF de criptomoedas do mundo, na Bermuda Stock Exchange (BSX) – produto que replica o NCI.

Além disso, lançou o HASH11, primeiro ETF de ativos digitais da B3, que também segue o NCI. Atualmente, o produto soma mais de 115 mil cotistas e aproximadamente R$ 1,3 bilhão em patrimônio líquido, e já é o segundo maior ETF da Bolsa brasileira.

Clientes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Clientes